Tendências do varejo para 2018

Quer atrair mais clientes, fidelizar os que já são, dinamizar suas vendas e crescer neste ano de 2018?

Para quem atua no varejo sempre se depara com muitas novidades no mercado. Agora em 2018 não será diferente. Mas quais delas considerar?  Quais as reais tendências para 2018?

 

Hoje o consumidor é altamente seletivo, usa bem a tecnologia e a partir dela busca informações para então tomar a decisão de compra. Ele pode usar outros tantos canais para ajudá-lo neste momento.

Atualmente não é mais possível separar o mundo físico do digital. Tanto que em 2017 a maior parte dos acessos durante a Black Friday, por exemplo, já veio de dispositivos móveis e seus aplicativos e isso deve se tornar cada vez mais comum – especialmente por conta dos smartphones cada vez mais avançados.

Além dos consumidores estarem cada vez mais adeptos às compras virtuais, a forma de se tratar o ponto de venda está mudando também e cada vez mais ele passa a ser um ponto de relacionamento também. A compra pode ser feita ali mesmo, pela internet ou até mesmo por um revendedor. Logo é necessário que todo um processo de relacionamento com o cliente seja bem conduzido e torne a sua experiência de compra cada vez melhor.

É claro que isso não significa que a loja física passe a ser apenas um showroom. Pelo contrário! Uma boa relação com os clientes se refletirá na vida real e nas redes sociais, aumentando a interação com a marca, o engajamento deste em prol de tua empresa, mesmo que indiretamente e aumento dos comentários positivos.

Este tipo de mudança no atendimento cria um elo forte entre a empresa e o seu cliente, logo este passará a vê-lo como uma referência, um consultor, de sua necessidade.

Isso se deve pelo comportamento dos clientes terem mudado e hoje em dia eles buscam mais soluções do que produtos. Para oferecer este tipo de atendimento/serviço, é fundamental ter vendedores que estejam interessados em fazer uma transação: sair do modelo compra e venda e passem a vender serviços. Essa mudança de paradigma é possível, pois as relações e interações humanas são orientadas para o relacionamento, logo estreitar laços e adquirir a confiança do cliente educando-o e orientando o um melhor uso do produto colabora neste processo.

Em 2018, os varejistas precisam priorizar a segurança tanto para prevenir ataques a seus sistemas informatizados, bem como em suas lojas, para mitigar ou reduzir possíveis danos caso sejam vítima de algum. Os consumidores não aceitam bem estes tipos de, inclusive, se forem impedidos de fechar uma compra por conta de uma quebra ou falha de sistema, provavelmente procurarão o seu concorrente.

Outra tendência prevista para este ano de 2018 é o contactless (sem contato, em português), que deve evoluir ainda mais. Este conceito visa dinamizar e agilizar os processos de pagamento; portanto são esperadas inovações no varejo para tornar a experiência de compra mais ágil e a questão do pagamento é parte essencial neste processo.

Em 2018, esperamos que os varejistas possam utilizar essas soluções para melhorar a experiência dos clientes, obtenham dados para compreender o seu cliente, métodos para que o lojista possa analisá-los por meio destas informações e por meio delas crescer.

Conheça as soluções existentes no CIM – Controle.Integração.Mobilidade – para atender as empresas nesse crescimento. Acesse http://www.gvmsistemas.com.br/cim e saiba mais.

 

Fontes:

Endeavor Brasil

eCommerce News

Foto por: Suksao - Freepik.com