Esteja atento e proteja-se de ataques virtuais

Esteja atento e proteja-se de ataques virtuais.

 

A internet nos trouxe uma infinidade de oportunidades, incrementou a capacidade de relacionamento entre as empresas, pessoas, trouxe conhecimento; no entanto, trouxe riscos também. Com o uso de sistemas é importantíssimo estar vigilante e proteger os dados pessoais e/ou comerciais.

 

Momento a momento um computador é infectado por algum tipo de vírus ou malware que abre uma porta de acesso ao ataque dos ciber criminosos e estes podem roubar os seus dados para então usá-los como bem entenderem. Esses programas maliciosos podem também tornar o seu computador um “escravo robótico” e usarem ele para propagar este mesmo software para outros computadores.

Atualmente uma prática muito comum, em ataques mais sofisticados, os dados contidos no computador são “sequestrados” e criptografados; para tê-los novamente é necessário pagar uma espécie de resgate. Mesmo fazendo isso, não há garantias que terão essas informações restabelecidas.

Para evitar que sejam vividas este tipo de situações é apresentada uma lista de pequenas coisas que podem ser feitas no dia-a-dia e algumas boas práticas de governança no ambiente virtual.

Aprenda e busque informações sobre o mundo virtual

Informe-se!

Essa é uma das melhores maneiras de se prevenir das ameaças on-line e buscar informações e aconselhamento. Caso identifique algum problema com seu computador ou mesmo esteja desconfiado de algo errado com ele, leve seu equipamento até um especialista em T.I. Esses profissionais são os mais indicados para resolver qualquer problema operacional ou de contaminação que seus aparelhos venham a ter, além de auxiliar no processo de proteção dos seus dados.

Não salve suas senhas nos navegadores ou serviços

Pode parecer óbvio, mas senhas são restritas e de uso pessoal. Sendo assim, não salve suas senhas no computador. Isso vale para o seu computador, laptop, smartphone e ainda mais para aqueles de uso compartilhado. O mundo da internet é muito perigoso e um deslize pode fazer você ter seus dados descobertos.

Saia das páginas clicando em "Logout", "Sair" ou equivalente

Ao acessar seu e-mail, sua conta em uma loja on-line, seu perfil nas redes sociais, o internet banking ou qualquer outro serviço que exige nome de usuário e senha, ao concluir o que estiver fazendo, saia fazendo o logoff seguro.

Modifique suas senhas periodicamente

Infelizmente há necessidade de se ter senhas para tudo hoje em dia e passar muito tempo com uma única senha é um erro muito comum.

Altere periodicamente suas senhas e use métodos para torna-las difíceis para que outras pessoas descubram seus dados confidenciais. Busque misturar e usar letras – maiúsculas e minúsculas, números e símbolos na criação das suas senhas, com isso ela se tornará muito mais difícil de ser descoberta. Uma outra dica é evitar usar a mesma palavra-chave, password, para serviços diferentes.

Não instale softwares suspeitos e nem piratas

Na internet é fácil encontrarmos um software que nos ajuda no nosso dia-a-dia ou mesmo oferece algo que não precisamos, mas gostaríamos de testar. No entanto, nem todos são de fontes confiáveis. Estes programas, quando distribuídos por empresas ou pessoas com segundas intenções, podem estar infectados e conter malwares que podem roubar dados do seu computador. Opte por aqueles softwares de empresas que você já conhece e das renomadas no mercado e obtidas diretamente pelo serviço da empresa.

Downloads também precisam de atenção

Os softwares são apenas um dos fatores é preciso observar os outros downloads também. Jogos, filmes, músicas, quando obtidas por meios não bem selecionados, podem trazer problemas ao dispositivo. Não é incomum aqueles que contém algum tipo de vírus e causar grandes dores de cabeça. Esteja atendo e busque sempre fazer o download por meio de sites confiáveis e renomados.

Cuidados com os links

Atenção redobrada neste tópico!

Muito cuidado com os links que você clica, principalmente nas redes sociais como Facebook e Twitter. Histórias diferentes, curiosas, engraçadas demais e/ou que a chamada seja muito sensacionalista podem ser uma armadilha para sua proteção. Antes de clicar naquele link busque pesquisar sobre o assunto e com o intuito de arranjar uma fonte confiável para o tema.

Atenção aos falsos e-mails, spams e anexos

Em muitas das vezes os e-mails são corrompidos e falsos. É muito comum que nestas mensagens os assuntos tratados sejam traição, fotos de algum amigo/conhecido, emprego, dinheiro e rastreamento de encomendas. Não clique em links ou anexos enviados por endereços virtuais desconhecidos e se o seu serviço de e-mail tiver a opção “Denunciar phishing” faça isso.

Para os anexos observe se no nome deste arquivo há algo como .EXE ou .MSI, caso identifique isso, não clique nele até verificar com quem lhe mandou o e-mail se é seguro.

Mantenha o seu antivírus atualizado

Este software é sua primeira defesa contra os malwares da internet. Ter um antivírus atualizado é uma das melhores saídas para obter proteção. Evite passar muito tempo sem utilizá-lo e sempre programe o escaneamento de seus arquivos por ele.

As versões pagas são mais completas e com mais garantias de segurança. Atualmente há vários tipos de pacotes e muitos deles a preços bem acessíveis.

Atualize seu antivírus e seu sistema operacional

 Como já abordado neste artigo você já sabe que é importante instalar softwares de segurança em seu computador, como um antivírus e mantê-lo atualizado constantemente, do contrário, este não "saberá" da existência de malwares novos. Praticamente todos os antivírus atuais têm atualizações automáticas definidas, mas é sempre bom verificar.

Também é de suma importância instalar as atualizações do seu sistema operacional, inclusive em seus dispositivos móveis (tablets e smartphones). Para que você não tenha que se preocupar com isso constantemente, verifique se o seu sistema operacional possui a funcionalidade de atualização automática ativada. Na dúvida procure o seu técnico de tecnologia da informação.

Bloqueie pop-ups

 Pop-ups são àquelas janelas que são apresentadas nas páginas web e, dependendo de onde e o que estiver acessando essas podem ser usadas para distribuir malware ou para golpes de phishing. Configure o seu navegador para bloqueá-las por padrão. Desta forma, será feita uma análise de qualquer janela pop-up que surgir e só será aberta somente se você quiser ver.

Desconfie de superpromoções da internet

Propagandas de objetos com descontos surreais de sites que você nunca ouviu falar e anúncios de que você foi o milionésimo a acessar alguma página na internet são fortes indícios de que há algo errado. Um vírus pode invadir seu computador e este, uma vez instalado, pode ter acesso aos seus dados.

Cuidado ao fazer cadastros on-line

 Tem ficado comum os sites exigem que você faça cadastro para usufruir de seus serviços, mas isso pode ser uma "cilada". Caso um site pede o número do seu cartão de crédito sem que você tenha intenção de comprar alguma, as chances de se tratar de uma "roubada" são grandes. Além disso, suas informações podem ser entregues a empresas que vendem assinaturas de revistas ou produtos por telefone, por exemplo, e/ou venha a ter o seu e-mail inserido em listas de spam.

Por isso, antes de se cadastrar em sites é recomendável que se faça uma pesquisa na internet para verificar se aquele endereço tem registro de alguma atividade ilegal. Outro ponto importante é avaliar também se você tem mesmo necessidade de usar os serviços oferecidos ali.

Verifique se o site é seguro ou verificado

O Google e o Mozilla Firefox são navegadores que possuem uma certificação de segurança aos sites. Quando é observado que um endereço virtual como sendo perigoso, eles indicam isso ao usuário. Em outros casos, até mesmo o antivírus bloqueia o site e alerta perigo. Há ainda empresas responsáveis por validarem a segurança da página e cedem a este portal um selo de autenticidade e segurança.

 

São pequenas ações que se postas em práticas evitarão problemas e manterá a “boa saúde” dos computadores pessoais, dispositivos móveis e equipamentos usados na empresa.

É como no dito popular: “Melhor prevenir do que remediar”, pois dependendo do que acontecer os custos e os problemas a serem enfrentados podem ser muito altos. Prevenir nunca é demais!

  

Fontes: Gizmodo, Canaltech, Uninassau